Huawei fecha acordo com Rio Alto e avança no mercado de energia solar

Huawei fecha acordo com Rio Alto e avança no mercado de energia solar

Wellington Bahnemann

18 de setembro de 2020 | 05h10

Foto: Andy Wong/AP

Em meio às discussões sobre a tecnologia 5G no Brasil, a Huawei vem expandindo os seus negócios no País. A companhia firmou contrato com geradora Rio Alto para a oferta de soluções digitais para a expansão do Complexo Solar Coremas, no sertão da Paraíba, que teve um dos seus parques inaugurados hoje em cerimônia com a presença do presidente Jair Bolsonaro.

Digitalização solar. A Huawei irá fornecer a sua tecnologia de inteligência artificial para os parques solares Corema IV, V, VI, VII e VIII, que totalizam 156 MW de capacidade. As obras da nova fase do complexo solar terão início ainda este mês. Segundo a fabricante, a solução promete reduzir em mais de 5% o custo da energia produzida no projeto ao longo da sua vida útil.

Mais eficiência. O uso de inteligência artificial está associado à instalação de equipamentos nos parques solares, como transformadores e inversores inteligentes, o que permite a redução nos custos de operação e manutenção e o aumento de eficiência na produção de energia. Segundo o presidente da Huawei Brasil, Sun Baocheng, a parceria com a Rio Alto faz parte da estratégia da companhia de avançar no mercado de energia solar brasileiro.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Huaweienergia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: