Idea!Zarvos lança seu primeiro prédio “popular” na Vila Madalena

Idea!Zarvos lança seu primeiro prédio “popular” na Vila Madalena

Circe Bonatelli

19 de novembro de 2020 | 05h00

A incorporadora paulistana Idea!Zarvos – famosa por seus prédios de arquitetura autoral e preços restritos à população de alta renda – vai lançar seu primeiro empreendimento “baratinho”. Trata-se de um projeto na categoria de “habitação de mercado popular”, que, conforme a legislação local, pode ser vendido para famílias com renda mensal de até R$ 10 mil. Com esse tipo de norma, a prefeitura tenta estimular a diversidade entre os compradores de imóveis. Em troca, as empresas têm mais flexibilidade para construção.

Vende-se. O projeto da Idea!Zarvos fica na Vila Madalena, berço da companhia, e será composto por apartamentos de 28 metros quadrados. Eles serão vendidos a R$ 10,5 mil por metro quadrado – cerca de 35% a menos do que os seus projetos típicos, que giram em torno de R$ 15 mil a R$ 16 mil o metro quadrado.

Procura-se. “Queremos um bairro diverso e próspero. Não adianta fazermos só prédios de valor alto e todo mundo ir embora do bairro”, explica Otavio Zarvos, fundador da empresa junto do sócio, Felipe Carvalho. “Estamos buscando atingir o cabeleireiro, o artista de galerias, o vendedor de lojas de móveis e outros profissionais do bairro.”

Super pop. A Idea!Zarvos também está trabalhando em um segundo projeto do mesmo gênero “popular” que será lançado na Vila Ipojuca, zona oeste. Ao todo, a incorporadora tem 20 projetos em desenvolvimento no portfólio, dos quais metade devem ser lançados em 2021. A companhia espera fechar este ano com cerca de R$ 600 milhões em vendas de apartamentos, podendo chegar perto de R$ 1 bilhão se computadas também as salas comerciais.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: