IFC negocia compra de até US$ 200 milhões em crédito podre do Itaú Unibanco

Coluna do Broadcast

21 de março de 2017 | 05h00

A International Finance Corporation (IFC), o braço financeiro do Banco Mundial, em Washington, avalia comprar até US$ 200 milhões de crédito podre (empréstimos que foram alvo de calotes e outros ativos problemáticos) do Itaú Unibanco. A Recovery, empresa especialista em recuperação de crédito e que pertence ao próprio Itaú, vai cuidar dos papéis adquiridos. Segundo o Itaú, esses empréstimos já foram baixados a prejuízo e, portanto, não têm impacto em seus índices de inadimplência. O banco diz ainda que o montante é uma referência e que a venda está em negociação, sem obrigação de conclusão. (Altamiro Silva Júnior)

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.