Imobiliária digital vê redução nos valores pedidos por imóveis

Circe Bonatelli

07 de abril de 2021 | 07h20

Locação e venda de imóveis em São Paulo. Crédito da foto: Werther Santana/Estadão

Levantamento da startup imobiliária Apê11 apontou que 22% das casas e apartamentos à venda no site reduziram o preço inicialmente pedido, nos últimos seis meses. Na média, essa baixa foi de 6,7%. O estudo utilizou uma amostra de 1.114 imóveis usados e verificou que 321 deles tiveram corte nos valores pedidos.

A pesquisa também identificou 78 casos (7% do total) nos quais os vendedores subiram os preços pedidos. A startup é uma imobiliária digital com opções de imóveis em lançamento, construção, prontos novos e usados em 27 bairros de São Paulo.

O cofundador do Apê11, Leonardo Azevedo, espera uma reversão dessa tendência. Isso porque há aumento no preço dos imóveis novos, com as incorporadoras repassando a alta nos custos dos materiais para os consumidores finais. Além disso, os financiamentos tiveram redução das taxas de juros, sustentando a demanda relativamente aquecida, a despeito da pandemia.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 06/04/2021, às 17:32.

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

aluguelApê11

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.