Importações de bem de capital aumentam 25,4% no primeiro trimestre

Importações de bem de capital aumentam 25,4% no primeiro trimestre

Luciana Collet

06 de maio de 2020 | 05h31


FOTO: Thiago Barcelos/Porto de Itapoa

As importações de bens de capital aumentaram 25,4% no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2019, chegando a US$ 8,3 bilhões. O ritmo de crescimento chama atenção, tendo em vista a desvalorização do real frente o dólar dos últimos meses. A alta não reflete ainda a influência da pandemia de covid-19, já que as compras foram fechadas antes de a doença se mostrar tão devastadora. A previsão da Associação Brasileira dos Importadores de Máquinas e Equipamentos Industriais (Abimei) é de que uma reversão da tendência começará a ser observada a partir de maio.

Contrapé. Para a Abimei, os números do primeiro trimestre revelam expectativa de crescimento da economia brasileira, com a qual o setor industrial trabalhava para 2020. A visão é reforçada ao observar que, dentro do segmento de bens de capital, o maior crescimento foi de máquinas, equipamento e ferramentas, de 28%. Além disso, mereceram destaques o segmento de bens intermediários, com alta de 2,8% no trimestre e o de peças e acessórios para bens de capital, com 16,2% no período.

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

Tudo o que sabemos sobre:

comércio exteriorbens de capital

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.