Índice de falta de produtos em supermercados aponta recuperação após crise

Economia & Negócios

20 Setembro 2017 | 05h00

Os supermercados brasileiros têm apresentado este ano uma queda nos indicadores de ruptura, termo usado para tratar da falta de produtos nas gôndolas. Segundo pesquisa da NeoGrid/Nielsen, a ruptura chegou a 10,2% em agosto, após ter subido nos primeiros meses do ano para até 13,9%, marca alcançada em abril. A avaliação é de que varejistas começam a normalizar as compras junto a fornecedores depois de um período de crise. (Dayanne Sousa)

Siga a @colunadobroad no Twitter