Inframerica quer participar de discussão sobre edital do aeroporto Santos Dumont

Inframerica quer participar de discussão sobre edital do aeroporto Santos Dumont

Amanda Pupo

23 de janeiro de 2022 | 05h25

Avião aterrissa no Santos Dumont, no Rio; edital de concessão do aeroporto em debate  Foto: Fabio Motta/Estadão

Depois de a concessionária que opera o aeroporto de Guarulhos  (SP) pedir para participar do grupo de trabalho que irá discutir ajustes no edital de concessão do aeroporto Santos Dumont (RJ), chegou a vez da empresa que administra o terminal de Brasília mostrar interesse no debate. A Inframerica, concessionária que opera o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, confirmou que está acompanhando o tema e “tem interesse em participar” do GT.

O Grupo de Trabalho começou a funcionar na última semana, após autoridades do Rio protestarem contra o edital de concessão do Santos Dumont sugerido pelo governo. A preocupação é de que o impulso ao terminal que fica na área central da capital fluminense fragilize ainda mais a situação do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), que fica na Ilha do Governador (RJ).

A possibilidade de o novo edital promover algum tipo de proteção ao Galeão colocou outros aeroportos internacionais em estado de alerta. O GRU Airport, por exemplo, afirmou que pretende contribuir para uma solução que não gere “assimetria concorrencial”. No governo, o interesse das concessionárias não causa surpresa, já que a avaliação de técnicos é de que qualquer guarita ao Galeão tem potencial de provocar efeitos em outros aeroportos da malha, por menor que seja a consequência.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 21/01/22, às 16h44.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

#aeroportosconcessãoSantos Dumontedital

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.