Intenção de consumo cai 0,9% em novembro, às vésperas da Black Friday

Intenção de consumo cai 0,9% em novembro, às vésperas da Black Friday

Daniela Amorim

21 de novembro de 2021 | 05h40

Shopping em tempos de covid-19. Crédito da Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Famílias estão mais cautelosas com gastos devido à conjuntura   Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Os consumidores brasileiros ficaram menos propensos às compras em novembro, às vésperas das promoções da Black Friday e da celebração do Natal, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) encolheu 0,9% em relação a outubro, para o patamar de 73,4 pontos, na zona de insatisfação (abaixo de 100 pontos).

O indicador mostrou queda pela primeira vez desde maio. Descontados os efeitos sazonais que influenciam o apetite pelo consumo, o ICF já vinha de uma estagnação em outubro, após quatro meses seguidos de avanços. No entanto, a intenção de consumo ainda está 5,16% superior ao nível de novembro de 2020, quando foi de 69,8 pontos.

Segundo a CNC, as famílias estão mais cautelosas sobre gastos em decorrência da conjuntura desfavorável do cenário econômico. A entidade divulga o estudo completo a partir das 10h30 da segunda-feira, 22.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 19/11/21, às 16h48.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.