Interesse fraco em IPOs da Unidas e Movida pode postergar operações

Coluna do Broadcast

11 de janeiro de 2017 | 06h42


O interesse dos investidores, ao menos os locais, pelas ofertas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês) das locadoras de veículos Unidas e Movida ainda parece fraco, segundo sondagens iniciais. A abertura de capital de ambas ocorreria no início de fevereiro, mas poderá ficar para outra janela diante do apetite baixo. A decisão, no entanto, ainda não teria sido tomada. No caso da Movida, a empresa vem apresentando crescimento consistente, mas investidores ainda estariam em dúvida se aceitariam o fato de o preço da ação na oferta já embutir toda essa expectativa positiva, que pode não se confirmar.

Vamos ver
Outra empresa que pediu registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para ter a possibilidade de lançar um IPO no início do ano foi a Hermes Pardini. Gestores apontam a empresa como boa, mas uma briga societária nos bastidores ainda gera dúvidas sobre a governança da companhia.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.