Invepar deixa emissão de bônus para após 2º turno

Invepar deixa emissão de bônus para após 2º turno

Coluna do Broadcast

25 de outubro de 2018 | 04h00

A Invepar, dona da concessão do aeroporto de Guarulhos, deve precificar US$ 650 milhões em bônus na semana que vem, após o segundo turno das eleições presidenciais. A apresentação da operação (roadshow) para os investidores estrangeiros foi concluída nesta quarta-feira, dia 24, após uma rodada de seis dias de encontros.

Normalmente, os papéis são colocados à venda logo após o roadshow. Mas dada a complexidade da companhia e o fato de ser estreante, investidores pediram mais um tempo para analisar a transação. O contrato da emissão também está sendo alterado, para acomodar exigências dos investidores nas cláusulas que regem compromissos da companhia com os compradores dos bônus.

Custo. A opção de deixar a venda dos bônus para depois do pleito pode também melhorar o custo da operação, dada a expectativa de reação positiva do mercado à uma eventual vitória do candidato do PSL, Jair Bolsonaro. Nas sondagens feitas no roadshow, alguns investidores exigiram retorno superior a 10% para ficar com os bônus, enquanto o desejado pela Invepar seria algo ao redor de 9%. Desde o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais, o principal indicador de percepção do risco brasileiro, chamado Credit Default Swap (CDS), caiu cerca de 14%.

Sem opção. A Invepar está pressionada para concretizar a operação. A empresa possui um vencimento de R$ 1,2 bilhão para honrar em dezembro, relacionado a um empréstimo-ponte obtido do fundo Mubadala, como parte de um acordo no passado que envolveu a opção de aquisição da Invepar pelo fundo de Abu Dabi. Em agosto último, as negociações de venda acabaram e sobrou o compromisso financeiro. Para fortalecer e viabilizar a emissão – já que nesse momento o apetite dos estrangeiros por nomes desconhecidos é baixo -, a Invepar está oferecendo como garantia os dividendos da Linha Amarela, no Rio de Janeiro, e do MetroRio. Procurada, a Invepar não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real.

Mais conteúdo sobre:

Inveparcrédito