Investidor de fundos imobiliários foge dos papéis ligados à desaceleração da economia

Investidor de fundos imobiliários foge dos papéis ligados à desaceleração da economia

Circe Bonatelli

15 de março de 2020 | 05h10

FOTO TIAGO QUEIROZ/AE

Com a avanço da pandemia de coronavírus e a perspectiva de um crescimento menor do que o previsto para o Produto Interno Bruto (PIB), os investidores de fundos imobiliário (FIIs) já estão penalizando os com imóveis mais vulneráveis à desaceleração da economia. As três maiores quedas em março, até o fechamento do pregão de quinta-feira, 13, são dos fundos Anhanguera Educacional (-27,43%), General Shopping e Outlet (-22,93%) e o XP Corporate Macaé (-22,15%), enquanto o Índice de Fundos Imobiliários (Ifix) recuou 10,20% no mesmo período, segundo levantamento da Toro Investimentos.

Debandada. No primeiro caso, metade dos contratos de locação dos imóveis ocupados pela rede de universidades expiram neste ano, e não há informação se serão renovados. No terceiro caso, o fundo tem um único prédio comercial no Rio de Janeiro que será desocupado pela Petrobras. As incertezas sobre os rumos do País aumentam o medo de investidores de que os imóveis ficarão desocupados, diz a Toro.

Sem rolezinho. No pódio das maiores baixas do Ifix, está o FII General Shopping e Outlets, no qual investidores preveem provável queda no movimento dos centros de compras, devido às restrições impostas pelo coronavírus.
Aluga-se. Outros fundos entre as maiores quedas do Ifix no mês seguem a mesma lógica, diz a Toro. O FII Rio Negro (-18,90%) tem prédios de escritórios em Alphaville, uma região que demora a achar inquilinos em comparação com os principais polos, como a Faria Lima. O mesmo vale para o FII Edifício Galeria (-19,45%), com um só edifício de escritórios, sem estacionamento, no Rio.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Quer saber mais sobre o Broadcast? Fale conosco

 

Tudo o que sabemos sobre:

fundos imobiliáriosIfix

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.