Investidores brasileiros garantem 90% do IPO da Vivara

Investidores brasileiros garantem 90% do IPO da Vivara

Coluna do Broadcast

06 de outubro de 2019 | 04h00

Os investidores brasileiros devem abocanhar, olhando o retrato hoje, 90% da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da rede de joalheria Vivara, cuja ação será precificada na próxima terça-feira, no dia 8. Até aqui, a demanda supera a oferta em algumas vezes. A emissão foi lançada já com a presença de âncoras, garantindo praticamente toda a oferta. No momento, os bancos que coordenam a operação tentam puxar o preço para o topo da faixa indicativa, que foi colocada entre R$ 21,17 e R$ 25,40. Os fundos de investimento, contudo, fizeram reserva no centro desse intervalo, assim como os fundos âncoras. Os bancos coordenadores da oferta da rede de joalheria são Itaú BBA, Bank of America Merrill Lynch, XP Investimentos e JPMorgan. Procurada, a Vivara não comentou.

Fluxo. A participação dos investidores locais segue expressiva nas ofertas de ações no mercado brasileiro, na esteira da forte entrada de recursos nos fundos. O pano de fundo para isso é a queda da taxa básica de juros, agora em 5,5% ao ano. A entrada líquida dos fundos de ações alcançou R$ 47,7 bilhões no acumulado do ano até setembro. Os multimercados, que a cada dia aumentam mais suas posições em renda variável, registraram uma entrada líquida de R$ 56 bilhões, conforme a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).A participação das ações na carteiras dos fundos subiu de 10,3% no fim do ano passado para 11,9% em setembro.

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

Vivara

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: