Investidores concentram aportes em poucos fundos private equity

Coluna do Broadcast

09 Novembro 2016 | 05h00

Investidores globais, incluindo family offices, estão concentrando seus investimentos em poucos fundos de private equity – aqueles que compram participações em companhias –, o que acaba favorecendo os fundos internacionais de grande porte. A intenção desses investidores é aprofundar a governança e reduzir custos. A consequência, por outro lado, tem sido a dificuldade para captação por parte dos demais fundos.

Mais conteúdo sobre:

private equity