Investidores globais têm interesse em comprar operações de seguros no País

Investidores globais têm interesse em comprar operações de seguros no País

Matheus Piovesana

06 de maio de 2022 | 05h40

Seguro automotivo cobre apenas 30% da frota nacional   Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Mais de 700 potenciais investidores têm interesse em fazer aquisições no setor de seguros no Brasil, de acordo com a assessoria de aquisições e gestão de empresas Hand. São 741 investidores, em 41 países, que teriam interesse em ativos do segmento no País, em função das perspectivas de crescimento do setor.

Cerca de 64% dos investidores são do tipo estratégico, como empresas. Os outros 36% incluem fundos de private equity e family offices, de acordo com o levantamento.

Corretoras também  são alvo de interesse

A busca por ativos não se resume a carteiras de apólices, mas também ao mercado das corretoras. Com 54 mil em funcionamento, é uma área bastante fragmentada.

No ano passado, o setor de seguros cresceu 11,6%, de acordo com a Confederação Nacional das Seguradoras (CNSeg), e arrecadou R$ 306,4 bilhões. Nos dois primeiros meses de 2022, o avanço foi de 21,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Ainda assim, não faltam exemplos de que há espaço para crescer: o seguro automotivo, um dos mais populares no País, cobre apenas 30% da frota nacional. A Superintendência de Seguros Privados (Susep) e as maiores seguradoras do País têm desenvolvido alternativas, como o seguro por assinatura, para conquistar os outros 70%.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 05/05/22, às 13h43.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Tudo o que sabemos sobre:

seguroslevantamentoM&A

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.