Investidores se organizam para questionar acordo da Qualicorp com fundador

Investidores se organizam para questionar acordo da Qualicorp com fundador

Coluna do Broadcast

02 Outubro 2018 | 04h00

Um grupo de acionistas da Qualicorp se organiza para questionar na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) – ou na Justiça – o acordo de “não competição” anunciado pela empresa com seu presidente e fundador, José Seripieri Filho.

Na segunda-feira, 1º, esses investidores mantiveram contato entre si e com advogados para estudarem qual a melhor estratégia para que o caixa da companhia seja ressarcido. A Qualicorp anunciou acordo pelo qual pagará R$ 150 milhões a Seripieri para que não venda sua participação ou concorra com o negócio da companhia.

O grupo de investidores defende que o pagamento não faz sentido porque o executivo deve seguir à frente da companhia. Para eles, o acordo não passa de uma estratégia para dar a Seripieri uma “remuneração extra” sem a necessidade do crivo de uma assembleia com todos os acionistas.

Manobra. Outra queixa foi a de que a empresa usou dessa “manobra” para minimizar questionamentos dos demais investidores. A reunião do conselho de administração que aprovou o acordo foi feita há quase uma semana e apenas ontem, na mesma data da efetuação do pagamento, o contrato foi divulgado ao mercado.

Procurada, a Qualicorp reiterou que “a referida decisão, visando um alinhamento estratégico de médio prazo, foi tomada por unanimidade por seu Conselho de Administração, sem a participação de Seripieri e respeitados todos os ritos legais.”

Credibilidade em risco. O presidente da Associação de Investidores no Mercado de Capitais (Amec), Mauro Cunha, que representa acionistas minoritários com um conjunto de investimentos que supera R$ 600 bilhões, considerou o caso “grave” e pediu uma ação incisiva da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Ministério Público (MP) e dos acionistas.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real

Mais conteúdo sobre:

qualicorpCVM