ISH, de cibersegurança, programa IPO para 2023 e foca na expansão local

ISH, de cibersegurança, programa IPO para 2023 e foca na expansão local

Cynthia Decloedt

12 de abril de 2022 | 05h15

Empresa pretende oferecer ações de modo restrito  Foto: Werther Santana/Estadão

A empresa de cibersegurança ISH não desistiu de chegar à Bolsa. O plano é tentar uma janela para realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em 2023 e oferecer as ações de modo restrito. Também não está descartada uma captação por meio de debêntures, aproveitando o registro de companhia aberta. Depois de voltar atrás do IPO no início deste ano, a empresa do Espírito Santo, fundada há 25 anos, mudou os planos de expansão para o mercado local. A ideia inicial era usar os recursos levantados na Bolsa para crescer fora do País.

A companhia percebeu que deveria acompanhar o boom de ofertas na Bolsa para expandir a operação durante a pandemia, quando a demanda de seus clientes por proteção contra invasores de sistemas saltou 300%.

A estratégia de crescimento da ISH agora é integralmente orgânica e o foco é aumentar presença em alguns Estados da Região Sul, Nordeste e Centro-Oeste, onde a empresa já está atualmente. No exterior, a ISH tem uma filial em Miami, que representa menos de 1% de sua receita.

Escassez de profissionais

O presidente da ISH, Rodrigo Dessaune, afirma que o maior desafio nesse processo é encontrar técnicos preparados. Segundo ele, o setor vive um apagão de profissionais globalmente, com uma demanda não atendida que chega perto de 3 milhões de pessoas.

Para bancar o crescimento no País este ano, a ISH está utilizando seu caixa e financiamento com linhas bancárias. Ele diz que a empresa está em uma posição confortável do ponto de vista de endividamento, o que permite a permite crescer conforme o previsto este ano.

O endividamento, segundo ele, está entre 1,5 vez e 1,75 vez o Ebitda, que fechou 2021 em R$ 62 milhões. Depois de saltar 43% em 2020, a receita líquida subiu mais 24% no ano passado, para R$ 276,9 milhões. A expectativa é manter um avanço de 20% este ano.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 11/04/22, às 16h31.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

tecnologiaIPOcibersegurançaISH

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.