Itaú põe líderes para ouvir clientes, e projeto passa de 425 mil ligações

Itaú põe líderes para ouvir clientes, e projeto passa de 425 mil ligações

Coluna do Broadcast

25 de outubro de 2019 | 04h00

O Itaú Unibanco quer provar que a centralidade no cliente é para valer. Colocou seus funcionários em cargo de liderança para ouvir os correntistas. Iniciado há seis meses, o projeto Itaú Escuta soma mais de 425 mil ligações e cerca de 8 mil pessoas envolvidas.

Mão na massa. A ideia do maior banco privado da América Latina é fazer os líderes arregaçarem as mangas e espalharem o recado dos clientes a seus times. Alguns resultados começam a aparecer. O indicador que mede o grau de lealdade dos correntistas do Itaú (NPS, na sigla em inglês) sob a ótica de transações no segmento de varejo melhorou oito pontos porcentuais nas agências e 14 pontos nas centrais de atendimento, em julho deste ano ante agosto de 2018.

Contato: colunabroadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

Itaú Unibanco

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: