Janela para IPOs fecha, mas Bradesco BBI terá 2º ano de receita recorde

Janela para IPOs fecha, mas Bradesco BBI terá 2º ano de receita recorde

Cynthia Decloedt

14 de dezembro de 2021 | 05h10

Piora do mercado levou várias empresas a suspender ou cancelar IPOs  Foto: Gabriela Biló / Estadão

A virada do mercado de ações em agosto derrubou uma série de ofertas previstas para este ano que seriam feitas na B3. Mas não estragou a festa dos bancos de investimentos: ainda que a Bolsa tenha se fechado para novos entrantes, o ano de 2021 foi espetacular para o mercado de capitais como um todo. O Bradesco BBI, banco dessa área do Bradesco, por exemplo, vai fechar o segundo ano consecutivo com receitas recorde, graças ao boom recente do mercado de ações. No somatório, até outubro, o total captado por empresas, de R$ 514 bilhões, superou o de qualquer outro ano contabilizado pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). O mercado acionário respondeu por 25% desse total. As companhias levantaram dinheiro também com emissões de debêntures, certificados de recebíveis do agronegócio, imobiliário e outros instrumentos financeiros.

O Bradesco BBI entra em 2022 com 70 mandatos de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que ficaram para trás este ano, dada a volatilidade. O banco espera encontrar espaço para lançar pelo menos parte deles no ano que vem.

O responsável pela área de banco de investimento do Bradesco BBI, Felipe Thut espera que os gestores, ao começar um novo ano, tenham digerido as notícias que travaram o mercado neste fim de ano. Para ele, porém, as empresas não conseguirão alcançar o mesmo valor obtido em Bolsa recentemente porque a demanda por papéis era impulsionada pelos juros baixos – realidade que deixou de existir.

Opções

Por isso, é muito provável que boa parte dos empresários que pensavam em buscar capital via Bolsa, o façam via ofertas de títulos de dívida ou em operações de captação privada, como junto a fundos de private equity ou, eventualmente, uma fusão ou venda.

Esse é um mercado que o BBI aposta em 2022. Thut não descarta, mas afirma que repetir um terceiro recorde em receitas no banco de investimento será mais desafiador, em 2022. Até setembro, conforme o balanço do Bradesco, as receitas com assessoria financeira subiram 26% para R$ 1 bilhão.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 13/12/21, às 16h38.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.