JSL estrutura captação de R$ 400 milhões com emissão de CRAs

JSL estrutura captação de R$ 400 milhões com emissão de CRAs

Cynthia Decloedt

20 de maio de 2020 | 04h15

O grupo de logística JSL estrutura uma captação de R$ 400 milhões por meio de certificados de recebíveis do agronegócio (CRA), instrumento de dívida isento de imposto de renda, para os quais algumas empresas têm encontrado certa demanda. A operação segue-se à divulgação de seu resultado, no qual apresentou prejuízo líquido de R$ 86,3 milhões no primeiro trimestre, já sentindo os efeitos da pandemia. A emissão de CRA da JSL acontece na esteira da operação realizada pela Minerva Foods, de R$ 600 milhões, antecipada pela Coluna, e cujos recursos foram utilizados para liquidar dívidas de curto prazo que estavam mais caras.

Tailor Made. Os CRAs e as debêntures de infraestrutura, também isentas de imposto de renda, têm atraído o interesse de alguns poucos grupos de investidores pessoas físicas, nas últimas semanas, dado o incentivo fiscal. Os títulos sem incentivo seguem sendo rejeitados já que as assets e os gestores de fundos independentes, seus principais públicos, ainda sofrem os efeitos da série de pedidos de resgates que vieram com a turbulência financeira causada pelo covid-19. Procurada, a JSL não comentou.

contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.