Júlio César de Oliveira, ex-BB, assume presidência da Cateno

Coluna do Broadcast

15 de janeiro de 2017 | 05h00

LOJAS18 - RJ - 05/06/2012 - LOJAS/ECONOMIA - ECONOMIA OE JT - Fachada do Banco do Brasil no centro do Rio de Janeiro. Foto: FABIO MOTTA/AGENCIA ESTADO/AE

(Foto: Fábio Motta/Estadão)

Júlio César de Oliveira, ex-executivo do Banco do Brasil, acaba de assumir a presidência da Cateno, associação entre o banco público e a Cielo na área de gestão de cartões. Anunciada há mais de dois anos, ainda estava com um interino no comando: Claudemir Alledo, que segue na diretoria de Operações e Tecnologia, cargo que acumulava com a presidência.

Choque

A intenção é fazer um choque de gestão. Tanto é que o atual presidente da Cielo, Eduardo Gouveia, presidirá o Conselho de Administração da Cateno. Rômulo de Mello Dias, que comandava a adquirente até 2016, não tinha assento no colegiado.

Mais reforço
O vice-presidente da Cielo, Clovis Poggetti Junior, antes na presidência do Conselho da Cateno, passa, assim, ao cargo de membro do colegiado. Também integrará o Conselho o outro vice-presidente da adquirente, Danilo Aleixo Caffaro.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.