Leiloeira de luxo Phillips prospecta negócios no Brasil

Leiloeira de luxo Phillips prospecta negócios no Brasil

Coluna do Broadcast

12 de março de 2019 | 04h00

Terceira maior leiloeira de luxo do mundo, atrás da Sotheby´s e da Christie´s, a Phillips começará suas primeiras operações no mercado brasileiro, numa parceria com a Dedalo Leilões. Nesta quinta-feira (14), Paul Boutros, chefe do departamento de relógios da Phillips nas Américas, e Susan Abeles, que encabeça no continente o departamento de joias da casa de leilões, estarão em São Paulo para avaliar relógios raros e de luxo. A dupla pretende conhecer de perto o mercado brasileiro, que tem valores mais acessíveis em comparação com praças no exterior, e para selecionar peças para serem ofertadas por eles em suas casas de Nova York, Genebra e Hong Kong.

Paul Newman. Com mais de US$ 180 milhões em vendas no ano passado, a Phillips é líder no mercado global de leilões de relógios. Ela foi a responsável pela venda do relógio mais caro já leiloado nos EUA, o Paul Newman Rolex Daytona, arrematado por US$ 17,8 milhões, em outubro de 2017. Naquele dia, o pregão rendeu quase US$ 29 milhões em relógios. Foi a Dedalo, que tem crescido 20% em média ao ano no mercado de luxo e coleções, responsável por abrir o mercado brasileiro também para a Christie’s, em 2015. //Patrick Cruz

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Tudo o que sabemos sobre:

leilão

Tendências: