Letra de crédito imobiliária (LIG) estreia no Brasil com R$ 1,5 bi de emissões

Letra de crédito imobiliária (LIG) estreia no Brasil com R$ 1,5 bi de emissões

Coluna do Broadcast

23 Dezembro 2018 | 08h12

As Letras Imobiliárias Garantidas (LIGs), os covered bonds tupiniquins, estrearam no mercado brasileiro com R$ 1,5 bilhão em emissões no primeiro mês de registro feito pela B3. O Santander Brasil puxou a fila das instituições e foi seguido por Itaú Unibanco, com o maior volume captado até então, de R$ 1,2 bilhão, e Bradesco.

Põe o dedo aqui
A lista de bancos emissores deve crescer em 2019. Bancos médios que atuam no segmento imobiliário e ainda a Caixa Econômica Federal, líder do segmento, já consideram testar as LIGs em breve.

Chamariz
Trata-se de um instrumento de captação bancária para financiar o crédito imobiliário criado em 2015 e que foi regulamentado somente este ano. Além de contarem com dupla garantia, os ativos atrelados e a do próprio emissor, as letras têm o atrativo de serem isentas de imposto de renda para investidores pessoas físicas locais e externos.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +