LGPD deve impulsionar seguros contra riscos cibernéticos, prevê F.Torres

LGPD deve impulsionar seguros contra riscos cibernéticos, prevê F.Torres

André Italo Rocha

01 de outubro de 2020 | 05h00

 

 

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor há duas semanas e responsabiliza empresas pelo vazamento de informações de seus clientes, deve impulsionar a demanda por seguros contra riscos cibernéticos. A nova legislação tem potencial para multiplicar por 20, em dois anos, a receita das seguradoras com esse tipo de apólice, segundo estimativa da F.Torres Advogados, especializado em seguros e resseguros.

Protegido. A projeção do escritório toma como base o resultado de 2019, quando os prêmios emitidos para seguros contra riscos cibernéticos somaram R$ 20,7 milhões. O número, inclusive, já foi superado em 2020 em razão dos ataques virtuais que ocorreram nos primeiros meses da pandemia no Brasil. De janeiro a julho, foram R$ 20,8 milhões em prêmios.

Tudo o que sabemos sobre:

LGPDseguros

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: