Mais da metade dos empregadores exige fluência em 2° idioma

Mais da metade dos empregadores exige fluência em 2° idioma

Fernanda Guimarães

16 Setembro 2018 | 09h30

Mais da metade dos empregadores (51%) no Brasil exige fluência ou nível avançado em um segundo idioma, segundo mostrou o Índice de Confiança da consultoria Robert Half. De acordo com o levantamento, a preferência é pelo inglês (51%), seguido do espanhol (24%) e francês (5%). Alemão e mandarim estão empatados na quarta colocação. Na contramão, 40% dos desempregados declararam não possuir essa habilidade. Entre os empregados, esse porcentual é de 34%.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real