Mais empresas devem dividir conta do plano de saúde com empregados

Coluna do Broadcast

16 de abril de 2017 | 08h08

A coparticipação, modalidade de plano de saúde em que o empregado contribui com parte da mensalidade sempre que faz procedimentos ou utiliza o plano, deve aumentar em 2017. Mais difundida em outros países, no Brasil começa a andar. No ano passado, os contratos da seguradora SulAmérica com mais de 100 vidas, a coparticipação estava presente em 59%. Em 2010, a participação era de 28% e nos anos 2000, de 12%. Já nos contratos acima de 5 mil vidas, com a ajuda da crise, a coparticipação foi unanimidade: esteve presente em 100% deles.

Siga a @colunadobroad no Twitter