Marfrig deve lançar hoje nova oferta de ações

Marfrig deve lançar hoje nova oferta de ações

Fernanda Guimarães

06 de dezembro de 2019 | 04h09

O acionista da Marfrig, Marcos Molina / Foto: TASSO MARCELO/AGENCIA ESTADO/AE

A Marfrig trabalha para lançar hoje sua nova oferta de ações. A emissão servirá para que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) venda a fatia de 33,74% que detém do frigorífico e pode chegar a movimentar R$ 2 bilhões. O processo de dar preço aos papéis deve ocorrer no início da segunda quinzena de dezembro, data limite para as transações realizadas no último mês do ano. Coordenam a oferta o JPMorgan, o Bradesco BBI e o Santander.

Leia mais: Athena Food, da Minerva, retoma trabalhos para abertura de capital

De fora. Marcos Molina, sócio-fundador e dono da maior participação individual na Marfrig, com 36,43% da companhia, estava interessado em comprar toda a fatia detida pelo banco de fomento e chegou a se movimentar em busca de financiamento no mercado para realizar o negócio. No entanto, a expectativa é de que Molina participe na oferta prioritária, para evitar que suas ações sejam diluídas e passem a valer menos. É o que acontecerá com a fatia do BNDES. Assim, Molina seguirá no comando da empresa, mesmo com uma fatia minoritária. Procurada, Marfrig não comentou.

Contato: coluna.broadcast@estadao.com
Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

marfrigfollow on

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: