Membros do IBGC devem oferecer curso intensivo de Conselheiro à Anitta

Membros do IBGC devem oferecer curso intensivo de Conselheiro à Anitta

Cristiane Barbieri

25 de junho de 2021 | 05h40

Nubank anunciou que Anitta passou a integrar seu conselho de administração. Foto: Divulgação

Membros do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) devem levar ao Nubank a oferta de um curso intensivo de formação de conselheiros à cantora Anitta. Na segunda-feira, foi anunciado que ela passou a fazer parte do conselho de administração do banco, que quer usar a experiência em comunicação, o engajamento nas redes sociais e a imagem internacional da cantora brasileira em seu processo de expansão no exterior.

Apesar de Anitta ter uma fortuna estimada pela Forbes em US$ 100 milhões – cerca de R$ 500 milhões – e administrar suas iniciativas empresariais pessoalmente, a atividade de conselheira exige conhecimentos específicos e técnicos. Das responsabilidades legais aos riscos e compliance (conformidade com regras), é um trabalho que demanda aprendizado, além da sensibilidade para os negócios e dos conhecimentos práticos. O colegiado é responsável pelo direcionamento das companhias e, em casos extremos, o conselheiro pode até mesmo responder com seu patrimônio pessoal.

Como ela deixou há tempos o bairro de Honório Gurgel, subúrbio pobre carioca onde cresceu rumo à vida de milionária, nada de bolsa de estudos. Se aceitar fazer o curso, Anitta vai ter de abrir a carteira. Há cursos online e em grupo para não associados a partir de R$ 21,8 mil no site da entidade. Sem fins lucrativos, o IBGC incentiva boas práticas de governança, a agenda de diversidade e transparência nas empresas.

 

O IBGC enviou o posicionamento abaixo, após a publicação da nota:

O Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) informa que a disseminação das melhores práticas em governança corporativa é um dos seus principais pilares trabalhados por meio de comitês, cursos e eventos organizados pela entidade. Em alinhamento a esse propósito que o tornou referência nacional e uma das principais no mundo em governança corporativa, o IBGC sempre estará aberto a gerar e disseminar conhecimento a respeito das melhores práticas em governança corporativa para influenciar ou formar os mais diversos agentes em sua adoção, contribuindo para o desempenho sustentável das organizações e, consequentemente, para uma sociedade melhor e mais diversa. Não houve contato formal do IBGC ao Nubank por conta do recente anúncio do banco relacionado à formação de seu Conselho de Administração, mas estamos sempre à disposição de empresas, instituições e demais stakeholders conectados aos princípios de governança.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 24/06/2021, às 17h14

Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

anittaconselhoNubankIBGC

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.