Menos de 15% dos brasileiros entendem o que é open banking

Menos de 15% dos brasileiros entendem o que é open banking

Matheus Piovesana

31 de dezembro de 2021 | 05h20

Na pesquisa anterior, apenas 5% entendiam a ferramenta   Foto: Tiago Queiroz/ Estadão

Aumentou o número de brasileiros que conhecem ou entendem o conceito de open banking, apesar de ainda serem uma minoria. Pesquisa da Bain & Company realizada entre julho e setembro (quando começou o compartilhamento de dados entre as instituições), com cerca de 8,5 mil brasileiros, mostrou que apenas 14% sabiam do que se tratava a iniciativa, colocada de pé pelo Banco Central. Na pesquisa anterior, feita no primeiro trimestre, somente 5% entendiam a ferramenta.

O baixo conhecimento sobre o sistema pode ser um obstáculo para seu sucesso. De acordo com a pesquisa, do grupo de pessoas que sabiam do que se tratava, 63% tinham interesse em compartilhar seus dados, crucial para que o open banking tenha o efeito esperado para o consumidor (o de aumentar a oferta de crédito a custo menor aos bons pagadores). Entre os que nunca haviam ouvido falar da iniciativa (39% do total), apenas 20% pretendiam compartilhar as informações.

Ainda de acordo com a pesquisa, 26% dos brasileiros de alta renda consultados entendiam o que é o open banking. É um aumento importante frente aos 13% da primeira pesquisa, mas ainda uma minoria. Segundo o estudo, o setor financeiro tem buscado disseminar o conceito, mas não explicar qual impacto terá para o consumidor, o que gera dúvidas.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 30/12/21, às 15h48.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

open bankingpesquisaBain & CompanyBancos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.