Mercado aposta que Tanure replicará na Gafisa estratégia adotada na Oi

Mercado aposta que Tanure replicará na Gafisa estratégia adotada na Oi

Coluna do Broadcast

17 de abril de 2019 | 04h00

A entrada do polêmico investidor Nelson Tanure no Conselho da Gafisa, acompanhado de alguns conselheiros presentes em outros de seus negócios, sinaliza que irá repetir na incorporadora a estratégia traçada na Oi para ter o controle do negócio, sem gastar muito dinheiro. Tanure deixa vazar informações de que mantém conversas com pelo menos dois fundos estrangeiros para compor uma capitalização de US$ 50 milhões, com o qual conseguirá manter uma posição acionária e influência suficientes para garantir sua liderança.

Será? A posição de Tanure hoje é pequena, de cerca de 500 ações, segundo disse o próprio presidente da Gafisa, Roberto Portella, homem da confiança do empresário. No entanto, é provável que ele esteja articulando o aumento de sua posição em sigilo, como aconteceu na Oi, na qual fez crescer sua fatia acionária por meio de participações indiretas, via fundos. Não faltam especulações a respeito disso. Circulam informações de que ele possa ser acionista também por meio de algum dos fundos constituídos pela Planner Redwood em outubro do ano passado e ativados em fevereiro deste ano para investir na Gafisa.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+

Mais conteúdo sobre:

OiGafisa