Mercado Bitcoin contrata Gustavo Zeno como CFO e dá mais um passo para IPO

Mercado Bitcoin contrata Gustavo Zeno como CFO e dá mais um passo para IPO

Cynthia Decloedt

07 de maio de 2021 | 05h20

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

A plataforma de negociação de moedas virtuais e outros ativos Mercado Bitcoin deu mais um passo em direção à sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que pretende realizar ainda este ano. Contratou Gustavo Zeno para o cargo de diretor financeiro (CFO) da holding 2TM, que controla a carteira digital Meubank além do Mercado Bitcoin. Com sua chegada, o grupo reforça estruturas essenciais para abertura de capital em Bolsa, como governança, controles internos e integração dos negócios do grupo.

Zeno tem larga experiência. Ocupou o mesmo cargo em Yduqs, Mills Estruturas e Engenharia, além de GRU Airport. Nos últimos anos, atuou como consultor para projetos na América Latina no IG4 Capital, que controla a Iguá Saneamento.

O Mercado Bitcoin já contratou os bancos que devem participar do sindicato da oferta: JPMorgan (líder), BTG Pactual, XP Investimentos e Itaú BBA. A companhia tem apontado como referência que o valor para sua chegada ao mercado ficariam na ordem de R$ 10 bilhões a R$ 15 bilhões.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 06/05, às 13h36.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo o que sabemos sobre:

Mercado BitcoinIPObitcoin

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.