Mercado de carbono será um dos primeiros investimentos de fundo de venture capital da B3

Mercado de carbono será um dos primeiros investimentos de fundo de venture capital da B3

Cynthia Decloedt

25 de maio de 2022 | 15h15

Fundo da B3 mira ainda oportunidades em energia  Foto: Fernanda Guimarães/Estadão

O mercado de carbono está entre os primeiros investimentos que o fundo de R$ 600 milhões de venture capital da B3, o L4 Venture Builder, pretende fazer. O segmento está na mira da B3 e para o qual a bolsa se prepara para receber quando esse mercado se tornar uma realidade. A intenção é que o fundo, anunciado na semana passada, realize pelo menos uma alocação até o fim de 2022. Além do mercado de carbono, o L4 olha para oportunidades em energia, tokenização de ativos, finanças descentralizadas e outras várias teses de investimento que façam sentido aos novos negócios que a B3 vem desenvolvendo, para rentabilizar sua robusta estrutura de dados e tecnologia.

Decreto dá início à abertura do mercado de carbono e metano

O presidente da B3, Gilson Finkelsztain, tem defendido a necessidade de uma legislação e regulação para esse mercado que, segundo ele, levará anos até a negociação efetiva de contratos. Um primeiro passo já foi tomado na semana passada, por meio de decreto que estabelece os procedimentos para a elaboração dos Planos Setoriais de Mitigação das Mudanças Climáticas e institui o Sistema Nacional de Redução de Emissões de Gases de Efeito Estufa (Sinare). O decreto dá início à abertura do mercado de carbono e metano, mas a formatação das transações de ativos precisará ser elaborada e passar pelo crivo do Congresso Nacional.

Nas startups que pretende alocar, o fundo tem duas estratégias. Investimentos de R$ 5 milhões a R$ 20 milhões, com entradas minoritárias nas empresas, ao estilo dos venture capital; e estratégias de venture building, quando há aquisição de uma participação societária de controle com alocações para financiar o crescimento da empresa. “Tenho cinco anos para investir em adjacências ao negócio da bolsa”, contou Pedro Meduna, que está à frente da L4 Venture Building como sócio e fundador.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 25/05/22, às 08h40

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.