Mercado residencial do Rio amplia lançamentos e esboça reação

Mercado residencial do Rio amplia lançamentos e esboça reação

Economia & Negócios

23 Setembro 2018 | 05h00

O mercado imobiliário do Rio de Janeiro dá sinais de melhora após anos de estagnação. Os lançamentos somaram R$ 2,3 bilhões em valor geral de vendas (VGV) de janeiro a julho. Esse montante já superou 2017, quando os novos projetos totalizaram R$ 1,5 bilhão, um dos níveis mais baixos já vistos, segundo a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-RJ).

Procura. A retomada ainda é pontual e tem sido puxada por bairros com grande demanda por imóveis novos. A Cyrela, por exemplo, vendeu, em menos de um mês, 90% das 139 unidades do seu empreendimento ‘Move Tijuca’, lançado em agosto, com preço médio de R$ 750 mil. Já no Flamengo, as parceiras Sig Engenharia e Opportunity venderam, ainda no pré-lançamento, no último mês, 75% das 210 unidades do projeto ‘Ícone Parque Residência’, com preço médio de R$ 1 milhão./Circe Bonatelli

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real