Meyer Nigri segue na UTI por causa do coronavírus, mas tem melhora

Meyer Nigri segue na UTI por causa do coronavírus, mas tem melhora

Circe Bonatelli

12 de novembro de 2020 | 05h00

O empresário e fundador da Tecnisa, Meyer Nigri, vem recuperando gradualmente seu quadro de saúde. Ele continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Nova Star, da Rede D’Or, na zona sul da capital paulista. Ele foi internado em meados de outubro, devido à contaminação por coronavírus.

Evolui bem. “Ele teve um quadro grave de Covid e, por isso, precisou ser internado. Agora já passou o pior. Ele está em fase de recuperação e fazendo fisioterapia”, disse à Coluna o filho do empresário e presidente executivo da construtora, Joseph Nigri. “O problema é que é uma recuperação lenta e não sabemos quanto tempo vai levar.”

Líder. Meyer é uma das lideranças mais conhecidas do mercado imobiliário nacional. O empresário fundou a Tecnisa em 1977 e abriu o capital da empresa em 2007. Atualmente, mantém 24% das ações com a família e ocupa a presidência do conselho de administração.

Planejado. O portfólio da construtora tem como principal projeto o Jardim das Perdizes, mini bairro com mais de uma dezena de prédios sendo desenvolvidos em frente aos centros de treinamento do São Paulo e Palmeiras, na zona oeste.

Legado. Meyer foi um dos primeiros empresários de expressão nacional a manifestar apoio ao então candidato Jair Bolsonaro, antes das eleições para a Presidência da República. Foi um dos autores da nova linha de crédito imobiliário indexada ao IPCA, que foi lançada pela Caixa Econômica Federal em 2018, que trouxe diversificação para o mercado.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 11 /11/2020 às 17:00:00 .

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Meyer Nigritecnisa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: