Minoritário quer ver remuneração de executivos e Amec faz pedido à CVM

Coluna do Broadcast

05 de fevereiro de 2017 | 05h00

Investidores minoritários insistem na divulgação da remuneração de executivos de empresas de capital aberto. A Amec, associação que representa esses acionistas, solicita agora à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que as companhias publiquem os nomes dos executivos que se beneficiam de liminar conquistada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) e que estes comprovem que são associados à entidade. Trata-se de uma decisão que o Ibef conseguiu na Justiça suspendendo a divulgação da remuneração.

Quente

Essa divulgação é um dos temas mais discutidos hoje no mercado. O Ibef utiliza a tese de que abrir a remuneração dos administradores violaria a intimidade e privacidade dos executivos. Na prática, a regra da CVM impõe a divulgação da remuneração máxima, média e mínima por órgão da administração. A despeito da polêmica, grande parte das empresas listadas no Novo Mercado, que é o segmento de maior exigência de governança corporativa da BM&FBovespa, já cumprem essa regra.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tendências: