Mover e Soares Penido pedem mais tempo para comprar fatia da CCR

Mover e Soares Penido pedem mais tempo para comprar fatia da CCR

Cynthia Decloedt

03 de setembro de 2021 | 05h15

Para fechar transação, IG4 pediu alterações no acordo de acionistas da CCR Daniel Teixeira/ Estadão

A Mover (ex-Camargo Correa) e a construtora e empresa de participações Soares Penido pediram à Andrade Gutierrez renovação do prazo para exercerem o direito de preferência na compra das ações da CCR. O movimento ocorreu após a gestora de investimentos IG4, de Paulo Mattos, ter assinado um contrato de aquisição de 14,86% do capital da CCR, na semana passada.

O pedido de maior prazo foi feito depois de alterações no acordo de acionistas da CCR, solicitadas pela IG4 como condição de fechamento da transação. Entre elas o fim do atual acordo de acionistas em dois anos, para que a CCR se transforme em uma “true corporation”, sem controle definido.

A IG4 passa, dessa forma, a integrar o bloco de controle da companhia de infraestrutura, ao lado da Soares Penido e da Mover. Procurados, a IG4 e a CCR não se pronunciaram. A Mover afirmou que não comenta especulações de mercado e a Andrade Gutierrez não retornou. A Soares Penido não foi encontrada.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 02/09/21 às 18h47.

O Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.