MRS investe R$ 58,5 milhões em complexo intermodal

MRS investe R$ 58,5 milhões em complexo intermodal

Juliana Estigarríbia

02 de outubro de 2021 | 10h00

Empresa busca diversificar áreas de atuação Foto: Dida Sampaio/Estadão

Com 65% das cargas que transporta compostas por minério de ferro e carvão, a MRS Logística montou um plano estratégico para diversificar suas áreas de atuação. Para avançar com o transporte de carga geral (que exclui minério de ferro e carvão), a gigante da logística acaba de iniciar as operações de um novo complexo intermodal em Pederneiras (SP), que recebeu investimento de R$ 58,5 milhões.

O valor inclui a construção do pátio ferroviário e do primeiro terminal do complexo, dedicado ao transporte de celulose da Bracell. É um contrato de comodato, no qual o transbordo da carga dos caminhões da produtora de celulose é feito para os trens MRS. As cargas chegarão até Pederneiras por rodovia ou pela hidrovia Tietê-Paraná e seguem por ferrovia até o Porto de Santos. Segundo o presidente da MRS, Guilherme Segalla de Mello, o trajeto de mais de 500 quilômetros de ferrovia será bastante competitivo.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast+ no dia 01/10/2021 às 17h37.

Broadcast+ é a plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse

Tudo o que sabemos sobre:

logísticamultimodalferroviaMRS Logística

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.