Multiplan afirma que decisões favoráveis a lojistas são provisórias

Multiplan afirma que decisões favoráveis a lojistas são provisórias

Circe Bonatelli

30 de agosto de 2020 | 05h04

Shopping em tempos de covid-19. Crédito da Foto: Tiago Queiroz/Estadão

Shopping em tempos de covid-19. Crédito da Foto: Tiago Queiroz/Estadão

O Grupo Multiplan esclareceu que as decisões proferidas pela Justiça a favor de duas lojas no Barra Shopping no Rio foram proferidas em caráter liminar, por juízes distintos, e podem ser revistas pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Conforme revelou a Coluna do Broadcast na última semana, nas decisões, os juízes isentaram os lojistas do pagamento da parte fixa do aluguel nos próximos meses, em decorrência da pandemia. “Em ambas, a abrangência tem prazo curto e limitado”, diz a empresa, em comunicado. Também informou que o Barra Shopping, durante o período em que o empreendimento esteve fechado, “isentou a totalidade do aluguel mínimo e fundo de promoção, e 50% dos encargos comuns, benefícios esses concedidos aos adimplentes”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.