Na onda verde, BB passa a integrar capítulo ESG a relatórios de empresas

Na onda verde, BB passa a integrar capítulo ESG a relatórios de empresas

Cynthia Decloedt e Fernanda Guimarães

23 de setembro de 2020 | 05h00

 

Os relatórios sobre empresas, produzidos pela equipe de pesquisas (research) da diretoria de mercado de capitais do Banco do Brasil, passarão a ter um capítulo verde nos comentários a investidores, a partir de outubro. A ideia é que, com o mapeamento, o BB possa ter uma carteira de empresas alinhadas com compromissos ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) para sugerir aos clientes. A iniciativa faz parte da repaginada pela qual passa a área, com o objetivo de recolocar o BB em posição de destaque no mercado de capitais, a partir da joint venture com o UBS.

Em curso. O BB trabalha em cerca de 30 ofertas para emissão de títulos de empresas com compromissos de sustentabilidade, previstas para os próximos meses. Para melhorar o entendimento do público interno, ou seja, sua cadeia de gerentes, e dos clientes sobre o tema, o banco tem feito eventos online e cursos.

Exclusivo. O banco estruturou com exclusividade a emissão de R$ 160 milhões em debêntures de infraestrutura verdes da empresa de energia renovável Omega Geração. Os recursos estão sendo usados em projetos de usinas eólicas no Maranhão e na Bahia. Somente os clientes do BB terão acesso ao papel, que tem selo verde aprovado pela Sitawi Finanças do Bem.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 22/09/2020 às 11:07:32 .

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

BBesgmercado de capitaissustentabilidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.