Necessidade de renegociar dívidas aumenta procura por robôs de cobrança

Fernanda Guimarães

18 de outubro de 2020 | 05h05

Clientes do varejo foram os que tiveram o maior volume de cobrança digital em 2020. Foto: Hélvio Romero/Estadão

A pandemia e o grande movimento de renegociação de dívidas por causa da crise causada pela pandemia aumentaram o uso de robôs de cobrança. Na AeC, que atua nesse mercado, por exemplo, cobranças digitais cresceram 60% entre janeiro e agosto, em relação a igual intervalo do ano passado. Já o número de robôs usados na operação cresceu 140%. O maior volume de cobranças foi observado entre março e junho, em clientes dos setores de varejo e telecomunicações.

contato: coluna.broadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

dívidavarejorobô

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: