Neobpo, de outsourcing, aposta no digital para elevar receita em 40% até 2020

Neobpo, de outsourcing, aposta no digital para elevar receita em 40% até 2020

Coluna do Broadcast

03 Outubro 2018 | 04h00

A Neobpo, resultante da divisão dos negócios da Tivit, espera elevar sua receita bruta em 40% até 2020. A expectativa da empresa, especializada em outsourcing de processos de negócios (BPO, na sigla em inglês), está ancorada em projetos de transformação digital aplicados ao backoffice de clientes, para os quais desenvolveu uma plataforma sob medida. Na mira da Neobpo, estão oportunidades em segmentos como financeiro, antifraude, logística e transporte.

Multiplicação. Criada em 2017, após a Tivit, uma das gigantes brasileiras de tecnologia, ser desmembrada em duas empresas, a Neobpo teve receita bruta de mais de R$ 600 milhões em 2017. Enquanto expande seus negócios, segue com seu plano de investimentos que abrange um total de R$ 100 milhões. Os aportes seguem com recursos da Neobpo até o fim deste ano.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast+ e veja todos as notícias em tempo real

Mais conteúdo sobre:

tivitneobpo