No controle do Softbank, WeWork inaugura segunda unidade na Costa Rica

No controle do Softbank, WeWork inaugura segunda unidade na Costa Rica

Cynthia Decloedt

04 de agosto de 2022 | 11h03

Com as operações da América Latina sob o comando do gigante japonês Softbank, a empresa de espaços compartilhados WeWork inaugurou uma segunda unidade na Costa Rica. O investimento no novo espaço, o Vila WeWork Escazú de 11 mil metros quadrados em cinco andares localizados em San José, ultrapassou os US$ 11 milhões.

Mudanças. As operações da América Latina da WeWork estão nas mãos do Softbank desde o ano passado, por meio de uma joint venture, e após o grupo japonês tomar as rédeas do negócio globalmente e afastar seu fundador, Adam Neuman. A pandemia trouxe desafios à operação, mas a empresa afirma que de novembro de 2020 até julho deste, as vendas líquidas de espaços tem se mantido positivas.

Ocupação. Isso se reflete nas taxas de ocupação que, de acordo com a WeWork, superam os patamares anteriores à pandemia. O Brasil tem a maior taxa de ocupação (82%) na América Latina, onde 60% dos clientes são grandes empresas. Na região, a joint venture está presente também na Colômbia, México e Argentina.

Contato: colunadobroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.