No meio das eleições, gestora Urca tentará captar R$ 500 mi em IPO na B3

No meio das eleições, gestora Urca tentará captar R$ 500 mi em IPO na B3

Altamiro Silva Junior

04 de agosto de 2022 | 05h24

Foto: Daniel Teixeira/Estadão

Em plenas eleições e num dos piores períodos de seca de emissões de ações no Brasil e no mundo, a gestora Urca vai tentar captar R$ 500 milhões em uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) na B3. A operação foi planejada justamente para chegar ao mercado neste momento, sem a competição de outras ofertas iniciais de ações. A tese que motivaria o investidor a comprar os papéis é que a gestora dá acesso ao mercado imobiliário americano, em dólar, para engordar os dividendos.

A Urca pretende usar os recursos a serem captados na oferta, que será de BDR (recibos listados na B3 que representam uma companhia estrangeira), para bancar a construção de empreendimentos nos EUA, como moradias estudantis e residenciais; comprar imóveis por lá e adquirir dívida imobiliária.

Segundo o prospecto da operação, a gestora carioca já tem participação em empreendimentos que incluem 11 prédios comerciais nos estados de Illinois e Wisconsin. O movimento acontece por conta do interesse de investidores e construtoras pelo mercado de construção dos EUA, o maior do mundo. A mineira MRV, que tem uma subsidiária própria no país, a AHS Residential, tem o plano de ambicioso de investir R$ 6 bilhões nos próximos cinco a seis anos no mercado americano.

O período de reserva dos papéis na oferta da Urca começa em 29 de setembro, pouco antes do primeiro turno das eleições, em 2 de outubro. O processo de definição do preço de venda está marcado para 17 de outubro, entre o primeiro e o segundo turno. Também no dia 17 está previsto o encerramento das reuniões com grandes investidores (roadshows).

Mercado demonstra interesse na oferta

A Urca tem sondado o mercado para sentir o interesse pelo BDR, segundo fontes, e vem fazendo reuniões para apresentar a operação, os chamados “non-deal road show”, nos quais não há compromisso de compra. A sinalização tem sido positiva. Há também conversas com potenciais gestoras que poderiam ancorar a operação, ou seja, garantir parte da demanda. Para a oferta sair, de acordo com o prospecto, é preciso a colocação mínima de R$ 25 milhões. Abaixo disso, será cancelada.

Com o mercado de emissões de ações parado há semanas, e sem aberturas de capital na B3 há exatamente um ano, a operação vai permitir a aplicação a partir de R$ 1 mil para o investidor de varejo. Serão ofertados 8 milhões de BDRs, com chance de um lote extra de mais 1,6 milhão de papéis. O preço sinalizado aos investidores é de R$ 52 a R$ 68 por BRR. O BDR vai representar a Urca Real Estate Holdings Company, listada na bolsa de Bermudas. Ela foi criada em 2021, mas a gestora Urca existe no Rio desde 2009.

A oferta da Urca é coordenada pela Guide Investimentos. O assessor legal é o escritório Tozzini Freire.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 02/08/2022, às 16:49.O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse. 

Contato: colunabroadcast@estadao.com

 

Tudo o que sabemos sobre:

IPOurcaeuab3

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.