Nordeste desponta como destino favorito no verão da pandemia

Nordeste desponta como destino favorito no verão da pandemia

Talita Nascimento

12 de janeiro de 2021 | 05h03

Praia de Canoa Quebrada, perto de Fortaleza (CE), é um dos principais destinos do Nordeste. Foto Tiago Queiroz / Estadão

 

Em meio a restrições para viagens internacionais e cruzeiros, os roteiros nacionais foram a primeira escolha dos turistas brasileiros neste verão. E o Nordeste se sobressaiu como principal destino, deixando para trás outras opções badaladas em anos passados. Os destinos nacionais representaram 91% das vendas nesta temporada, ante 54% na anterior, segundo a agência de viagens CVC.

Top cinco. Entre as cinco localidades mais buscadas em dezembro e janeiro estão, em ordem decrescente, as cidades de Maceió (AL), Natal (RN), Porto Seguro (BA), Recife (PE) e Fortaleza (CE). Na temporada anterior, o top cinco incluía também Orlando (nos Estados Unidos) e o cruzeiro Navio Soberano.

Diferenças. Porto Seguro, no litoral baiano, também perdeu espaço no ranking, passando do segundo para o terceiro lugar. Isso ocorreu pela redução dos voos fretados, por conta da pandemia, explicou a CVC. Já os outros destinos nordestinos são capitais estaduais, com malha aérea mais desenvolvida.

Em casa. Com a pandemia, as pessoas mais velhas optaram por cancelar ou adiar viagens. A faixa etária predominante nesta temporada foi a turma de 35 a 44 anos, responsável por 28% dos embarques. Em segundo lugar, aparecem os clientes de 25 a 34 anos, com 23%. Na temporada passada, as pessoas acima de 55 anos tiveram maior peso no fluxo, respondendo por 28% do total, seguidas por aquelas de 35 a 44 anos, com 26%.

Tudo o que sabemos sobre:

CVCdestinosCanoa QuebradaFortalezaNordeste

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.