Notredame mira cerca de US$ 1 bilhão com IPO

Notredame mira cerca de US$ 1 bilhão com IPO

Coluna do Broadcast

30 de maio de 2017 | 05h00

A Notredame Intermédica mira captar cerca de US$ 1 bilhão com sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa protocolou ontem (29) pedido de abertura de capital junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A transação, porém, ocorre em paralelo a um negócio de fusão e aquisição (M&A, na sigla em inglês), processo batizado de ‘dual track’. A análise dos detalhes da operação pelos interessados já começou. A operadora é controlada pelo fundo Bain Capital desde 2014 e o processo de desinvestimento iniciou neste ano. A oferta de ações será estruturada pelo Itaú BBA, na condição de líder, Bradesco BBI, JPMorgan, Credit Suisse, Morgan Stanley e UBS. A consultoria Centerview Partners e o BTG Pactual são assessores de um possível M&A.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: