Nubank negocia compra da Easynvest

Nubank negocia compra da Easynvest

Fernanda Guimarães e André Italo Rocha

03 de setembro de 2020 | 09h36

Com um recém aporte de US$ 400 milhões, o Nubank, maior fintech do Brasil, negocia a compra de uma fatia da corretora Easynvest, do fundo de private equity Advent International, acionista na corretora há três anos.

Se a compra se concretizar, o Nubank ingressará em um mercado que tem sido palco de uma disputa acirrada no Brasil, com as baixas taxas de juros atraindo cada vez mais pessoas físicas para o mercado acionário brasileiro. Além disso, a fintech conseguirá completar seu portfólio de produtos.

Já a Easynvest estava há alguns meses em busca de um sócio para ajudar no crescimento, exatamente para não perder o ‘boom’ da expansão do mercado de plataformas de investimento.

O mercado está agitado em 2020. O Credit Suisse anunciou que comprou uma fatia de até 35% na plataforma Modalmais. Desde o ano passado, a corretora Guide, da chinesa Fosun, contratou o Credit Suisse como assessor financeiro para buscar um sócio estratégico também para avançar nesse mercado.

Outra fintech, a Neon, que acaba de receber um aporte de R$ 1,6 bilhão, anunciou recentemente a compra da tradicional corretora Magliano.

Procurado, o Nubank afirmou que sempre está analisando oportunidades de aquisições “para continuar reinventando os serviços financeiros e oferecendo soluções práticas e convenientes aos nossos clientes. Neste momento, não temos nenhuma aquisição para comentar ou confirmar”. Já a Easynvest e a Advent não comentaram.

 

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 02/09/2020 às 12:47.

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse http://www.broadcast.com.br/produtos/broadcastplus/

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: