OAS tem até 28 de janeiro para regularizar plano

OAS tem até 28 de janeiro para regularizar plano

Coluna do Broadcast

20 de dezembro de 2018 | 04h00

A OAS, uma das empresas envolvidas na Lava Jato e das primeiras a entrar em recuperação judicial, obteve do Juiz da 1.ª Vara de Falências de São Paulo prazo até 28 de janeiro para pagar cerca de R$ 16 milhões a fornecedores e regularizar o cronograma de seu plano de reestruturação. Este pagamento, o quinto previsto no plano aprovado por credores e entregue à Justiça, deveria ter sido feito no início de novembro deste ano. Sem as etapas cumpridas, a companhia fica susceptível à convolação (transformação) da recuperação judicial em falência pelo Juiz do processo. No entanto, a empresa pode levantar esses recursos em leilão de recebíveis, previsto para 21 de janeiro.

Entrave. A regularização dos compromissos do plano é também necessária para o andamento da assembleia geral de credores, prevista para o dia 30 do mesmo mês. O encontro tratará da transferência da participação na Invepar, até então da OAS, para os credores detentores de bônus da companhia. O pedido de recuperação foi feito em março de 2015, somando dívidas de cerca de R$ 8 bilhões. Procurada, a OAS não comentou.

Siga a @colunadobroad no Twitter

Para ver a Coluna do Broadcast sem o delay assine o Broadcast +

Tudo o que sabemos sobre:

OAS

Tendências: