Odebrecht se empenha para apresentar plano de recuperação no prazo da lei

Odebrecht se empenha para apresentar plano de recuperação no prazo da lei

Coluna do Broadcast

24 de julho de 2019 | 08h10

O grupo Odebrecht está empenhado em cumprir os 60 dias previstos na lei para a entrega de um plano de reestruturação das empresas relacionadas à holding que entraram em recuperação judicial, em 17 de junho, e da Atvos, o braço sucroenergético, que entregou o mesmo pedido à Justiça antes, em 29 de maio. Até agora, o documento está longe do esperado para ser analisado e votado em assembleia geral de credores – etapa seguinte desse processo.

Interesses difusos.

Dado o emaranhado de dívidas, garantias e a diversidade de interesses entre os credores e ex-administradores com participação no grupo, muitas contestações correm na Justiça contra a Odebrecht. Apesar disso, essas ações não emperram as negociações do grupo com os principais credores no desenho do plano, mas acabam por complicar a confecção de uma proposta factível de ser aprovada pela maioria. Procuradas, as empresas não comentaram.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroadcast no Twitter

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.