Oferta da Eletrobras atrai R$ 9 bi do FGTS e tem briga por preço em torno de R$ 40

Oferta da Eletrobras atrai R$ 9 bi do FGTS e tem briga por preço em torno de R$ 40

Cynthia Decloedt, Circe Bonatelli e Fernanda Guimarães

09 de junho de 2022 | 05h10

Operação para privatização da Eletrobras pode movimentar R$ 35 bilhões Foto: Fabio Motta/Estadão

A briga em torno do preço da oferta de ações da Eletrobras, a ser definido hoje (09), estava em torno de R$ 40, valor que também seria o mínimo previsto pelo governo para concretizar a operação. Na verdade, a demanda elevada teria feito com que os bancos coordenadores indicassem aos interessados que propostas até R$ 43 teriam maior chance de serem vencedoras. Esses, por sua vez, vinham tentando emplacar preços abaixo de R$ 40. As conversas com investidores e as reservas terminaram ontem. No total, a operação que resultará na privatização da elétrica pode movimentar até R$ 35 bilhões, a segunda maior operação em bolsa deste ano no mundo.

Demanda do FGTS ficou 50% acima do definido

A oferta tem uma escala de prioridades de subscrição, dos acionistas, trabalhadores e aposentados e o varejo, na maioria, com uso de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS). As reservas para compras de ações por meio de fundos vinculados ao FGTS ficou em cerca de R$ 9 bilhões, ou seja, 50% acima do montante de R$ 6 bilhões definido para esse grupo.

Somando-se a demanda dos demais grupos prioritários aos R$ 13 bilhões que foi ventilado como a soma dos investidores que estão ancorando a oferta, já são cerca de R$ 24 bilhões. Para o mercado, sobrariam cerca de R$ 10 bilhões e, segundo apurou a Coluna, haveria demanda para o triplo desse valor.

Aparentemente, os investidores estrangeiros não são uma maioria, embora esse seja um ativo de grande atratividade para tais grupos, especialmente com a bolsa brasileira barata. Para alguns deles desagradou a limitação a 10% de participação com direito a voto. Outros não conseguiram se preparar a tempo para ancorar a oferta, que, embora antecipada, foi posta em prática em curto espaço de tempo.

 

Esta nota foi publicada no Broadcast no dia 08/06/22, às 17h59

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.