Oferta da Sanepar pode ser trampolim para IPOs no Brasil

Coluna do Broadcast

22 Dezembro 2016 | 05h00

bovespa_marcio_blog

(Foto: Márcio Fernandes/Estadão)

A oferta da Sanepar, que contou com forte apetite dos investidores estrangeiros, servirá como uma alavanca para as aberturas de capital previstas para 2017. Os ‘gringos’ ficaram com uma fatia de 40% da emissão, que movimentou quase R$ 2 bilhões. Por ser uma empresa estatal, a percepção do mercado é de que a demanda foi “muito positiva”, superando em mais de 2,5 vezes as ações ofertadas. Os papéis começaram a ser negociados ontem (21) na bolsa brasileira. Abriram o pregão, contudo, em baixa, mas inverteram o sinal ao longo do dia e fecharam com alta de 4,52%, cotadas a R$ 9,95.

Sem quórum

Ao desenhar sua nova estrutura de governança corporativa para se adequar ao nível 2 de governança da BM&FBovespa, a Sanepar seguiu os requisitos do programa de governança de estatais, mas não sabe se vai aderir à iniciativa. A certificação, lançada há mais de um ano, é dada para companhias abertas controladas direta ou indiretamente pela União, Estados ou municípios. Porém, até agora nenhuma estatal aderiu.

Siga a @colunadobroad no Twitter