Oi adia volta ao trabalho presencial para 2021 a pedido de funcionários

Oi adia volta ao trabalho presencial para 2021 a pedido de funcionários

Circe Bonatelli

18 de setembro de 2020 | 05h20

Foto: Nacho Doce/Reuters

Após seis meses com 81% de sua força de trabalho em esquema de home office, a Oi anunciou aos seus 12,5 mil funcionários que o retorno aos prédios da companhia não acontecerá até, pelo menos, 31 de janeiro de 2021. A decisão foi tomada após pesquisa interna mostrar que 93% dos empregados disseram ter sentido ganho ou manutenção da qualidade de vida com o trabalho remoto.

#fiqueemcasa. O levantamento com o público interno constatou que 84% têm interesse em continuar trabalhando de casa, sendo que 55% preferem fazer de 2 a 4 dias de home office. Dentre os gestores, 91% também possuem interesse pelo trabalho remoto.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Tudo o que sabemos sobre:

Oihome office

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: